ILANA BESSLER

LADIES

Um ensaio íntimo e político. Sensualidade, autoestima, personalidade e afirmação feminina. Um contraponto estético à situação tantas vezes explorada na propaganda, nas revistas masculinas, nas cenas de novela. Para realizar um trabalho assim foi preciso criar um elo de envolvimento com as retratadas. A elas foram feitos dois pedidos: que as fotos fossem feitas na casa onde moram e que elas escolhessem para usar a lingerie com que mais se identificassem. Explorando elementos reveladores da personalidade, a roupa, os móveis, o ambiente, procurou-se expressar a intimidade sem retoques, a sensualidade do corpo feminino, com suas imperfeições e marcas, o erotismo livre de estereótipos.

O trabalho fez parte do Grupo Maria, coletivo de fotógrafas da America Latina.

Centro Cultural Recoleta, Buenos Aires
Encuentros Abiertos